Fones: +55 (19) 3881.1999 / 3881.2255 / 0800.130.205

Área Restrita

Detalhes da notícia

Corte ou queime os pelos do úbere para ter leite de melhor qualidade

segunda-feira, 22 de abril de 2019 14:11:59

Nós que ordenhamos as vacas sabemos que a ordenha é mais limpa e fácil com aquelas vacas que têm, de maneira natural, os pelos mais curtos ao redor dos tetos. O pelo grande no úbere das vacas interfere com a limpeza adequada, desinfecção e secagem dos tetos antes da ordenha. O pelo grande retém partículas de material da cama, caspas, muco e bactérias. Parte destes pelos grandes em contato com o insuflador quando se coloca a unidade da ordenhadeira, se banha em leite que faz com que se desprenda toda classe de substâncias indesejáveis e sujas que se incorporam ao leite coletado. Este processo também expõe os tetos das vacas, em especial os esfíncteres, a grande quantidade de bactérias que pode provocar mastite e perda de produção. As bactérias que se incorporam no leite desta forma também podem multiplicar-se e causar alguns problemas no tanque de leite. Há dois métodos de cortar o pelo do úbere. Cortar é um deles. Como o desenho das baias nas granjas modernas permite que as vacas estejam limpas e confortáveis, poucos produtores fazem a tosquia do flanco de suas vacas, úbere e cauda a menos que elas estejam sendo preparadas para exposição ou para venda. Sempre que as vacas se mantenham secas e limpas em suas baias há pouco benefício adicional em cortar a cauda e os flancos. Já o pelo do úbere é outra coisa. Um método alternativo usado atualmente por muitos produtores de leite, para eliminar o pelo grande de úbere é queimá-lo.

Queimar o pelo é um processo rápido...

Além de ser rápido, em torno de um minuto por vaca, há outras vantagens. Usa-se o procedimento correto que incomoda muito pouco a vaca. Não podemos dizer o mesmo com o corte. As vantagens de manter curto o pelo do úbere por qualquer meio são as seguintes: melhora a limpeza, reduz a exposição a microrganismos causadores de mastites, pode melhorar a quantidade de células somáticas, diminui o número de coliformes, acelera a velocidade da ordenha, a preparação do úbere é mais eficiente, o pré-selador e o pós-selador são mais efetivos, as unidades de ordenha e os demais equipamentos da sala ou estábulo se mantêm mais limpos durante a ordenha, as mãos dos ordenhadores mais limpas, diminuem a necessidade de toalhas para secar bem os tetos e o leite se mantém mais limpo reduzindo as quantidades nos sedimentos.

O que você necessita...

O equipamento pode constar desde uma tocha manual a gás propano até uma tocha de gás propano feita especialmente para este propósito, de queimar o pelo do úbere das vacas. O custo de uma tocha manual é de aproximadamente 20 dólares nos Estados Unidos. O aparato fabricado especialmente para esta finalidade, conta com um queimador ao final de uma mangueira de 7,5 metros e uma manivela com extensão e custa em torno de 160 dólares. Pode-se adaptar a tocha manual para queimar o pelo do úbere seguindo esses passos:

-Devem cobrir os orifícios para o ar da tocha usando uma fita adesiva e assim impedir que o ar se misture com o gás propano. Se evita a entrada de ar se tem uma chama de cor amarela, menos quente.

-Coloque um bocal de cobre com ângulo de 45 graus ao final da ponta da tocha para ajudar a dirigir a chama até o úbere da vaca (Veja o diagrama)



A unidade comercial tem a mangueira larga, como já se mencionou, e um queimador o suficiente largo para cobrir toda a superfície do úbere com uma só passada. A manivela extra larga do queimador permite manter os braços longes das patas das vacas.

Os três passos para queimar o pelo do úbere são:

1. Elimine a palha solta, terra e esterco do úbere da vaca;

2. Sustentar a tocha na mão esquerda, passe a chama lentamente a 15 a 20 centímetros abaixo do úbere. Segure uma toalha de algodão ou pedaço de couro molhado com a mão direita para apagar qualquer parte do pelo que se incendeie;

3. Passe a chama por toda a superfície do úbere, pelos lados do úbere e a parte posterior, entre as patas traseiras.

Muitos queimam o pelo do úbere ao parto...

Muitos produtores de leite queimam os pelos do úbere ao parto e sempre que seja necessário durante a lactação. Nos climas frios do hemisfério norte, os momentos apropriados parecem ser em outubro e novembro a janeiro. No hemisfério sul isso seria maio, junho e julho. Naturalmente, advertimos a todos os que trabalhem com uma tocha queimando o pelo do úbere, que realizem a operação em um espaço aberto onde não haja materiais inflamáveis, como o material de cama. As baias fixas devem ser limpas primeiro como precaução. Quando se queima o pelo em uma sala de ordenha, a ventilação pode ser um fator importante já que o odor do pelo queimado faz com que as vacas se tornem receiosas a entrar.

Texto por Paul Dersam Tradução – Bolsista de Iniciação Científica CNPq - Rodrigo Gregory Villalba – Zootecnia

Fonte: Revista Hoard’s Dairyman 

Fonte: Canal do Leite

Responsabilidade Ambiental

Receba nossa newsletter:

© Copyright - Sani Química - Todos os Direitos Reservados